Atividades Desenvolvidas

  • Campanha radiofónica:
    Emissão de uma campanha de sensibilização em rádios regionais, durante os meses de julho, agosto e setembro, com o objetivo de difundir várias vezes por dia, mensagens de alerta sobre comportamentos de risco e medidas de prevenção a adotar pelas populações que habitam em áreas florestais. 
  • Faixas de proteção a habitações e aglomerados populacionais:
    Durante os meses de abril e maio, foram criadas faixas de proteção contra incêndios em redor das povoações de Barranco do Velho, no concelho de Loulé, Alferce, no concelho de Monchique e no Sítio da Eira da Palma, concelho de Tavira.

Estas ações tiveram como principal objetivo demonstrar e sensibilizar a população destas povoações inseridas em áreas florestais para a importância de uma correta limpeza dos terrenos à volta das suas habitações, no sentido de diminuir o risco de incêndio florestal e dar cumprimento à legislação em vigor sobre esta matéria.

A AMAL contou com a colaboração das Câmaras Municipais desses concelhos, da Junta de Freguesia de Santa Maria, da Autoridade Florestal Nacional e das Associações de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão e do Barlavento Algarvio.

  • Ação de Sensibilização "O Meu Postal":
    Com o objetivo de envolver a comunidade escolar numa ação de sensibilização para proteção da floresta contra o risco de incêndio, a AMAL desenvolveu uma atividade denominada "O meu postal", a qual consistiu na produção e distribuição de postais para ilustração, pelas escolas do 1.º ciclo do ensino básico de todos os concelhos do Algarve. Em colaboração com as Câmaras Municipais, foram distribuídos cerca de 8000 postais com selo pelos alunos do 4.º ano de escolaridade. Assim, no dia 21 de março de 2011, dia Mundial da Floresta, as crianças criaram o seu próprio postal com um desenho e uma mensagem alusiva a esta temática, remetendo-o em seguida a um familiar ou amigo.
    Esta atividade foi também inscrita pela AMAL, junto do Comité Nacional para o Ano Internacional das Florestas 2011, integrando desta forma o conjunto das atividades comemorativas desta entidade.
  • Produção de publicações em Inglês:
    Com o objetivo de alcançar o grupo de turistas e de residentes estrangeiros, foram traduzidas e impressas em Inglês, duas publicações da Autoridade Florestal Nacional sobre as medidas a adotar para a proteção de habitações em espaços florestais e sobre medidas de proteção da floresta. 
  • Comité das Regiões:
    No passado dia 6 de abril, a AMAL e os restantes parceiros do PYROSUDOE organizaram um seminário de divulgação dos resultados do Projeto no Comité das Regiões em Bruxelas, sendo este o órgão institucional representativo do conjunto dos territórios, regiões, cidades e municípios da União Europeia. Estiveram presentes neste encontro os colaboradores do Pyrosudoe, representantes de outros projetos europeus que se dedicam à problemática dos incêndios florestais, peritos europeus em políticas florestais, representantes de autoridades locais, regionais e nacionais, eurodeputados e membros da Comissão Europeia. O seminário teve três objetivos principais:
    • Divulgar e difundir os primeiros resultados do projeto Pyrosudoe;
    • Compartilhar, trocar experiências e capitalizar os resultados com outros projetos europeus que trabalham sobre a temática do risco de incêndio nas zonas de interface entre a floresta e o habitat;
    • Debater com os representantes das instituições europeias, o futuro das políticas regionais para as áreas agrícola, florestal e de cooperação territorial, durante o próximo período de programação dos Fundos Europeus 2014/2020, tendo em vista a melhoria e o reforço financeiro da prevenção e gestão do risco de incêndio.



Última actualização : 2011-11-03 10:01:29 (1889 leituras)