A Câmara Municipal de Silves informa que, devido ao início da empreitada de remodelação de reabilitação do edifício do Forno para instalação da Casa dos Vinhos, a circulação e o estacionamento na zona envolvente a este edifício sofrerão constrangimentos a partir do dia 20 de janeiro e durante um período previsível de seis meses.(...)

Relembramos que esta intervenção representa um investimento que ascende os 300 mil euros, com uma taxa de comparticipação FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) de 70%. Com esta obra a autarquia pretende adaptar o edifício do Forno a espaço de exposição, promoção e venda de produtos endógenos (vinhos e de outros produtos de origem local) aproveitando a localização estratégica de passagem, quer de residentes, quer de turistas, entre a zona ribeirinha e o castelo.

+ INFO AQUI

A Câmara Municipal de Albufeira prepara-se para substituir 2500 luminárias, mais antigas e dispendiosas, por outras de tecnologia LED. O investimento de 675 mil euros tem como objetivo aumentar os níveis de eficiência do Município e a segurança de pessoas e de bens, diminuindo o consumo de eletricidade e as necessidades de manutenção. Das 23 mil luminárias existentes no concelho, 3555 passarão a ser em LED, o que representa uma poupança anual de 166 mil euros na fatura energética, permitindo um retorno de capital em quatro anos.
Até ao momento, já foram instaladas 955 luminárias LED, 400 custeadas pelo município e 555 instaladas pela EDP a pedido da autarquia. “Prevemos substituir brevemente todas as luminárias do centro urbano de Albufeira. Depois deste concurso público, realizaremos mais dois ou três para substituir um total de 6200 luminárias, desde a Marina até à Balaia, Alto dos Caliços e Montechoro”, revela o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo. (…)

+ INFO AQUI

O Instituto nacional de Estatística (INE) divulgou no dia 12 de novembro os indicadores do poder de compra per capita (IpC), relativos a 2017, tendo Faro passado de 6.º concelho do país (2015) para o 5.º lugar (2017), e aumentado o valor de 132,1 para 132,5, tomando Portugal como valor de referência (100). Para nota, os primeiros 4 classificados são Lisboa, Porto, Oeiras e São João da Madeira.(…)
Segundo os dados do INE, dos 308 municípios portugueses, apenas 32 registaram valores acima da média nacional e, desses, 22 concelhos concentraram 50% do poder de compra nacional.
O Indicador per Capita do poder de compra pretende traduzir o poder de compra manifestado quotidianamente, em termos per capita, nos diferentes municípios ou regiões, tendo por referência o valor nacional (Portugal = 100).

+ INFO AQUI

 

São Brás de Alportel recebeu a 7ª edição da Volta a Portugal de Apoio ao Emprego, numa edição que  apresentou mais de um milhão de vagas de trabalho, estágios e voluntariados no espaço europeu. (…)
A iniciativa procura promover a melhoria da empregabilidade em contexto europeu e abordou um conjunto de temas, entre as quais a nova Plataforma IEFPONLINE, os projetos EURES e EURES Transfronteiriço Andaluzia/Algarve – Uma carreira na Europa, o Corpo Europeu de Solidariedade – Estágios, Emprego e Voluntariado e ainda os projetos “Ruralidades” e “Blue Generation”.
É promovida em parceria pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional e pelo Centro de Informação Europe Direct do Algarve, que conta com a parceria local do Gabinete do Empreendedor da Câmara Municipal de São Brás de Alportel e do Gabinete de Inserção Profissional.

+ INFO AQUI

 

Aprofundar uma nova definição de “museu”, será um dos momentos relevantes das próximas Jornadas da Rede de Museus do Algarve, a ter lugar a 18 de novembro, em Albufeira, no Auditório Municipal. Esta terceira edição vai juntar especialistas e responsáveis por diversos museus, do país e da região, com uma vasta agenda de reflexões, nomeadamente as que se referem ao conceito de “Museus como plataformas culturais”. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição, no sítio electrónico da Rede de Museus do Algarve.

O presidente do ICOM (Conselho Internacional de Museus) - Europa, Luís Raposo, e a vice presidente do ICOM-Portugal, Dália Paulo, são duas das presenças nas III Jornadas da Rede de Museus do Algarve, este ano sob o tema “Entre passado e futuro, entre ficam os Museus?”

Outra das presenças é de José Gameiro, Diretor Científico do Museu de Portimão, membro da Direção do ICOM-Portugal e do Grupo Coordenador da Rede de Museus do Algarve, que em recente artigo, a propósito da sua participação na 25ª Conferência Internacional do ICOM, no passado mês de setembro, em Quioto, salienta as diversas posições quanto à actual definição de museu, referindo que qualquer definição deverá “simultaneamente preservar termos, amplamente consensuais e específicos, sobre o conceito de museu e encontrar naturalmente espaço para a inovação e a incorporação de novos desafios globais/locais emergentes, numa instituição que enquanto museu, o seu presente se revela através de uma dinâmica e permanente relação cultural, científica e social, entre passado e futuro”. (…)

+ INFO AQUI

A 5.ª edição, o Encontro Internacional Poesia a Sul, voltou a marcar o panorama literário internacional e consolidou Olhão como a capital internacional da poesia. A iniciativa do Município de Olhão, que contou, mais uma vez, com o apoio do Programa 365 Algarve, trouxe ao concelho 73 participantes de 24 países, para momentos de partilha de experiências e de intercâmbio cultural com os olhanenses, ao longo dos 10 dias do evento.

De facto, esta 5.ª edição primou pelas iniciativas de rua, privilegiando o contacto dos poetas convidados com a população: ouviu-se música, viu-se teatro, declamaram-se poemas e colocou-se Olhão no centro do mundo artístico.Muitos espaços icónicos acolheram o Encontro, com destaque para as escolas, os Mercados Municipais, a zona ribeirinha, o caíque Bom Sucesso, o centro histórico, a Biblioteca, o Museu, ou o Auditório, num evento que se “descentralizou” pelas freguesias e chegou à Ilha da Culatra, Beja e Sevilha.

A iniciativa do Município de Olhão, que logo na 1.ª edição foi considerada a maior do seu género do Sul da Península Ibérica, já promoveu a edição de 6 cadernos de poesia, com a participação de mais de 120 poetas de todo o mundo.(…)
Para o presidente da autarquia, António Miguel Pina, este festival literário constitui “um motivo de imenso orgulho mas, acima de tudo, o resultado de um trabalho articulado entre todos os setores do município: Cultura, Educação, Comunicação, Manutenção, Contratação Pública e empresas municipais”. (…)

+ INFO AQUI

 

Municípios