A rota pedestre “Trilho dos pescadores” já chega à cidade de Lagos. Esta etapa da rota oferece um trilho de 11 kms, compreendidos entre Burgau e Lagos, passando pela Praia da Luz e pela Ponta da Piedade, locais de grande beleza natural e paisagística.

Vila do Bispo é novamente Município do Ano 2019 na categoria Algarve, agora com o projeto educativo “Conhecimento do Património Local”. A gala de entrega dos prémios decorreu no Mosteiro de Arouca, no passado dia 15 de novembro, onde a Câmara Municipal se fez representar pelo seu presidente, Adelino Soares, para receber o respetivo galardão.

Foi aprovado, na última reunião do Executivo Municipal, realizada a 13 de novembro, um protocolo de cooperação, a celebrar entre o Município e o Instituto Nacional para a Reabilitação (INR,I.P.), que visa a criação de um Balcão da Inclusão em Lagos. Proporcionar atendimento especializado na área da deficiência e reabilitação é o objetivo desta parceria que será formalizada no próximo dia 26 de novembro, em Alcanena, no âmbito do 2.º Encontro Nacional da Rede de Balcões da Inclusão.

O Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza celebrou o seu 10º aniversário em cheio no fim de semana passado, com cerca de 1500 participantes vindos de 36 países. Foram 4 dias repletos de iniciativas dedicadas à Natureza, realizadas em vários pontos de Sagres, desde o Pavilhão Multiusos ao Cabo de São Vicente, passando pelo Forte do Beliche, a Cabranosa e o Monte das Esparregueiras.

Durante o festival foi apresentado o 1º “Guia de Aves do Concelho de Vila do Bispo e do Promontório de Sagres”, uma ferramenta preciosa para partir à descoberta das aves da região. Para além das sessões de observação de aves em terra e no mar, os participantes tiveram ainda oportunidade de descobrir como as tradições e a conservação de natureza podem ser aliadas, num passeio com um pastor e um guia local. Entre as novidades deste ano destacou-se também uma forte presença das artes, com variadíssimas sessões de fotografia (de aves noturnas a aves em voo, e de técnicas de campo a fotografia de estrelas) e de ilustração (desde esboços no campo a ilustrações com esferográfica).

Em caminhadas, saídas de barco e pontos de observação fixos, este ano foram observadas 217 espécies de aves, incluindo algumas menos comuns, como a petinha-de-richard e raridades como a felosa-listada e o moleiro-rabilongo. Outro dos momentos altos desta edição foi a observação de 100 águias-calçadas em simultâneo, logo no primeiro dia do Festival.
O festival é organizado pela Câmara Municipal de Vila do Bispo, em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e a Associação Almargem.

+ INFO AQUI

Municípios