O Município de Alcoutim viu aprovada, no passado dia 29 de dezembro de 2020, uma candidatura do PAMUS (Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável) designada por “Acesso em Modos Suaves à Zona Oeste de Alcoutim”.

As antas e os sítios arqueológicos da freguesia do Ameixial, no concelho de Loulé, estão a ser alvo de trabalhos de valorização promovidos pelo Município de Loulé. Este projeto, que já se encontra a decorrer, pretende reforçar a singularidade da Serra e do interior do Algarve, e encontra-se integrado na estratégia da Autarquia para a valorização e divulgação dos recursos culturais deste concelho, através do seu património cultural.

Já arrancou no terreno a empreitada de requalificação do Mercado Municipal de Moncarapacho, um investimento municipal de 277.500 euros. A intervenção surge no seguimento do esforço de melhoria do espaço público que tem vindo a ser desenvolvido pela autarquia em todo o concelho, em particular nas vias, acessibilidades e infraestruturas.

Dando continuidade à preservação das tradições tão diversificadas do concelho, o Município de Silves lança mais um desafio aos seus munícipes, desta feita dirigido a todos aqueles que gostem de recordar e saibam provérbios, lengalengas, expressões, adivinhas e costumes, entre outros, “Na ponta da língua”.

Começou como ideia apresentada ao Orçamento Participativo Portugal 2018 e transformou-se em projeto vencedor a desenvolver na região do Algarve por um período de dois anos, mas foi mais recentemente que o mesmo começou – nas palavras da entidade promotora – a dar os primeiros voos, através da assinatura do protocolo de colaboração com o Instituto da Conservação da Natureza e da Floresta. 

As palavras chave são: cooperar, capacitar  e internacionalizar. O nome é INTERPYME e pretende ser uma plataforma para a internacionalização das Pequenas e Médias Empresas (PME’s) do Algarve e das Províncias de Cádiz e Huelva.
Trata-se de mais um projeto de cooperação com a vizinha Espanha, cujo foco é nas empresas de índole agroalimentar, com incidência no trabalho em cooperação, promoção e internacionalização. A base é a melhoria da competitividade das PME facilitando o acesso a novos mercados locais da Eurorregião, sempre numa estreita colaboração entre o mundo empresarial, a universidade e a administração. (…)

Até ao final do ano a Odiana vai realizar uma auscultação aos produtores e empresários de índole alimentar, de modo a perceber as necessidades correntes e as possíveis oportunidades. Os passos seguintes centram-se num conjunto de workshops, missões comerciais e, por fim,  um plano integrado de internacionalização direcionado às empresas do Baixo Guadiana.
(…)
Este projeto foi aprovado em Março de 2019, tem duração prevista até Abril de 2022, e conta com o apoio dos Municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

+ INFO AQUI


 

Municípios