Foram exatamente 23.453 os utilizadores da “Ciclovia da Lezíria”, desde a instalação de um sistema de monitorização que contabiliza os utilizadores pedestrianistas. Paralelamente aos pedestrianistas, a Ciclovia da Lezíria também é muito frequentada por ciclistas, mas não é possível registar esta utilização, sendo certo que se tem observado uma redução dos movimentos pendulares por carro entre as duas sedes de concelho.
(…)
A Ciclovia da Lezíria, localizada na E.N. 122, é um trajeto de cerca de 3km que liga Castro Marim a Vila Real de St. António, permitindo também o acesso ao interior da Reserva do Sapal. É o primeiro troço de um projeto integrado de sustentabilidade ambiental que o Município de Castro Marim promove como Triângulo Verde: Vila Real de St. António - Castro Marim – Praia Verde. Enquadrada no PO CRESC Algarve 2020, no âmbito do plano de ação PADRE, aprovado para o Baixo Guadiana na operação READY, e apoiada por Portugal e União Europeia, a Ciclovia da Lezíria foi cofinanciada a 70% pelo FEDER.
(…)

+ INFO AQUI

 

O Município de Alcoutim viu aprovada, no passado dia 15 de março, uma candidatura ao Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos (PADRE) designada por “READY – Recursos Endógenos e Desenvolvimento do Turismo Ativo”, na sua 3.ª Fase, que prevê a criação de uma ciclovia (pista ciclável e faixa ciclável) com cerca 6,73 Km, dotando a vila de Alcoutim de uma rede de ciclovias.

A Câmara Municipal de Castro Marim assinou um contrato de apoio à St. Casa da Misericórdia de Castro Marim, cedendo um milhão de euros para a construção da Estrutura Residencial para Idosos e Centro de Dia para pessoas com Alzheimer e outras demências. (…)

Trata-se de um equipamento com capacidade para acolher 70 portadores de doença de Alzheimer e outras demências em regime de internamento e 20 em regime de Centro de Dia. Irá estruturar-se em 3 unidades de ação: Unidade de Internamento Residencial e Unidade de Dia; Unidade de Promoção da Autonomia Pessoal e Intervenção com as Famílias e Unidade de Formação e Cooperação. (…)

Com um orçamento de quase 5 milhões de euros, o projeto está incluído no Plano de Ação da ARU e do PARU e é um investimento financiado pelo programa PO CRESC Algarve 2020, apoiado por Portugal e União Europeia, cofinanciado pelo FEDER em 1.134.701,80 euros alocados, somados ao milhão de euros de apoio autárquico. O restante montante é assumido pela Santa Casa da Misericórdia, através de capitais próprios e empréstimo bancário.

+ INFO AQUI

 

A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António estabeleceu uma parceria com os CTT para a implementação, no concelho, do serviço do serviço CTT Comércio Local, facilitando, desta forma, a presença online dos comerciantes locais.
O serviço permite que os produtores locais e pequenos comerciantes, que tradicionalmente têm apenas atividade de comercialização física, passem a ter acesso a uma plataforma eletrónica onde podem vender os seus produtos, neste caso uma aplicação, gerando negócio de comércio eletrónico.

A ferramenta CTT Comércio Local é gratuita e está disponível para os comerciantes das três freguesias do concelho de VRSA, que podem agora expor e escoar os seus produtos online, enquanto os munícipes podem efetuar as suas compras a partir da segurança do lar. (…)

Os comerciantes interessados em aderir ao serviço poderão solicitar mais informações através dos telefones 210 471 616 (CTT), 281 510 000 (CM VRSA) ou e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. A aplicação pode ser gratuitamente descarregada nas lojas oficiais.

+ INFO AQUI

 

O Município de Alcoutim viu aprovada, no passado dia 29 de dezembro de 2020, uma candidatura do PAMUS (Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável) designada por “Acesso em Modos Suaves à Zona Oeste de Alcoutim”.

As palavras chave são: cooperar, capacitar  e internacionalizar. O nome é INTERPYME e pretende ser uma plataforma para a internacionalização das Pequenas e Médias Empresas (PME’s) do Algarve e das Províncias de Cádiz e Huelva.
Trata-se de mais um projeto de cooperação com a vizinha Espanha, cujo foco é nas empresas de índole agroalimentar, com incidência no trabalho em cooperação, promoção e internacionalização. A base é a melhoria da competitividade das PME facilitando o acesso a novos mercados locais da Eurorregião, sempre numa estreita colaboração entre o mundo empresarial, a universidade e a administração. (…)

Até ao final do ano a Odiana vai realizar uma auscultação aos produtores e empresários de índole alimentar, de modo a perceber as necessidades correntes e as possíveis oportunidades. Os passos seguintes centram-se num conjunto de workshops, missões comerciais e, por fim,  um plano integrado de internacionalização direcionado às empresas do Baixo Guadiana.
(…)
Este projeto foi aprovado em Março de 2019, tem duração prevista até Abril de 2022, e conta com o apoio dos Municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

+ INFO AQUI


 

Municípios